Qual é a sua?

domingo, fevereiro 08, 2009

Os suicidas são os únicos que entenderam a vida?

Em julho de 1974, uma jornalista, âncora de um tele-jornal da Flórida suicidou-se enquanto o programa estava no ar.(!) Seu bilhete suicida dizia apenas como ela estava descontente com o fato das pessoas (inclusive a imprensa) darem mais valor às notícias sobre tragédias. Em sua carta, dizia que não havia mais nada a ser dito. Ela simplesmente começou o programa sentada à mesa como em qualquer tele-jornal, tirou a arma e atirou em sua cabeça. Os produtores do programa acharam que tratava-se de uma brincadeira, sua família brigou na justiça para proibir a emissora de veicular o vídeo de seu suicídio. Ainda bem que não havia YouTube naquela época.
.
2003. Jonathan Brandis, protagonista de História Sem Fim e do seriado Seaquest, é encontrado enforcado em sua casa. Ele tinha 27 anos. À época, sua amiga de infância conta que quando adolescente Jonathan conversava sobre os rockstars que morreram com 27 anos e de como isso era ao mesmo tempo assustador e poético. O jovem ator suicidou-se de uma forma totalmente absurda. Nesse caso, não houve acidente.
.
Isso me lembrou uma música de uma banda incomum de um país muito incomum.
.

__________________________
.
Anthony caminhou para sua morte porque acreditava que jamais se
sentiria desta forma
Talvez se voltasse atrás as coisas seriam ainda piores, o que ele poderia fazer?
Ele gostaria de se lembrar de como as coisas eram naquela quarta-feira
E, se acaso havia algo de ruim por trás de tudo, ele nunca disse
Talvez por achar melhor viver hoje o amanhã que sonhava...
.
Hilary caminhou para sua morte porque não tinha mais nada a dizer
Todos achavam que ela era forte demais então nunca prestaram atenção
E como ninguém dizia nada de interessante, ela desistiu
Tentou frequentar os templos e os estudos da bíblia
Mas somente o intervalo do chá a interessava
O intervalo do chá, ela não admitiria
.
Hilary buscou a igreja católica para saber sobre seu destino
O padre ou seja lá quem ele fosse, a chamou numa sala e lhe confirmou
Santa Tereza prometeu salvá-la
Mas Isabel só pensava em como os vitrais eram belos
E, se havia algo além disso
Ela só queria saber
Como, por que e para onde ir?
Como, por que e para onde deveria seguir?
.
Se você se sente ameaçado
Procure um Padre ou Pastor
Ele tentará em vão livrá-lo da dor
De ser um incrédulo sem esperança...
______________________________

3 comentários:

Alexandre disse...

Nunca se sabe a verdadeira razão de um suicídio...umas das notícias que mais me deixou assustado foi a da tentativa de suicídio do ator Owen Wilson...justo ele que fez filmes de comédia como "os excentricos teenembaums" , "Viagem a Darjeeling" e "A vida marinha com Steve Zissou"...bem pensando bem tenho lá minahs dúvidas se esses filmes são de comédia realmente


Gosto muito de seu blog!

Alexandre disse...

Belle Sebastian é uma bela banda..e esta é uma bela música (?)...mas sobre suicidio a musica que me veio a cabeça é uma do thom Yorke do Rdaiohead, chama-se Harrowdown Hill ... e foi escrita depois do suicídio de um cientista noter-americano que foi inspetor de armas de destruição em massa no Iraque e comprovou que estas não existiam..aí em baixo te mando a tradução da música...


Harrowdown Hill



Não ande na prancha como eu fiz
Você será descartado
Quando se tornar inconveniente
Em Harrowdown Hill onde eu costumava ir pra escola
É onde estou,
Onde estou estendido

Será que caí ou fui empurrado?
Será que caí ou fui empurrado?
E cadê o sangue?
E cadê o sangue?

Mas eu estou indo pra casa
Indo pra casa
Pra fazer tudo certo
Então enxugue esses seus olhos

Pensamos as mesmas coisas, ao mesmo tempo
Simplesmente não podemos fazer nada sobre isso

Então, não pergunte a mim
Pergunte ao ministro
Não pergunte a mim,
Pergunte ao ministro.

Pensamos as mesmas coisas, ao mesmo tempo
E são tantos como a gente que nem se pode contar

Você pode me ver correndo?
Você pode me ver correndo?
Para longe deles
Para longe deles

Não posso aguentar a pressão que nos é imposta
Ninguém se importa se você vive ou morre
Eles só queriam que eu sumisse
Queriam me extinto

Mas eu estou indo pra casa
Indo pra casa
Pra fazer tudo certo
Então enxugue esses seus olhos

Pensamos as mesmas coisas, ao mesmo tempo
Simplesmente não podemos fazer nada sobre isso

Pensamos as mesmas coisas, Ao mesmo tempo
E são tantos como a gente
Que nem se pode contar

Fui atraído para os becos de Harrowdown Hill
Era eu, atraído para os becos de Harrowdown Hill
Foi um passo escorregadio à beira do precipício
Um passo muito escorregadio
Sinto-me deslizando pra dentro e perdendo a consciência
Sinto-me deslizando pra dentro e perdendo a consciência
Sinto-me...

Lisa disse...

Falou certo, Alexandre.

São poucos os filmes de comédia que não me fazem chorar... [=