Qual é a sua?

sexta-feira, dezembro 24, 2010

Cartinha para o Papai Noel

Querido Papai Noel.
.
.
Eu não acredito no senhor e, dadas as circunstâncias dos últimos anos, nem no espírito natalino eu acredito muito, mas como é moda mandar cartinha pro senhor, vou virar subversiva e vou seguir a moda.
.
Esse ano foi melhor que o ano passado, fato. Em alguns aspectos. Eu não magoei tanta gente esse ano, mas quem eu magoei me fez querer arrancar meu coração fora e sair por aí o chutando. Mas, em contrapartida, fui uma boa menina. Não voltei pra faculdade, apesar de não estar mais indecisa em relação ao curso, voltei a morar sozinha, comecei uma dieta e estou seguindo-a.
.
Eu falei muita coisa que não devia, fui a lugares que não devia e fiz coisas que não devia, mas todo mundo tem o direito de cometer erros, né?! Eu juro que em 2010 só cometi erros novos, não repeti os antigos.
.
Por isso, senhor Natalino, eu gostaria muito de ganhar a mega-sena de final de ano. Brinks Noel.
.
Eu quero um pouco mais de paciência, que o senhor exorcize a preguiça do meu corpo, que não me deixe sucumbir à gula e à luxúria (essa última pode deixar de lado, se já estiver pedindo demais), e que eu fique só um pouco avarenta, porque eu gastei demais nos últimos tempos.
.
É isso, Noel. Eu sei que não vai adiantar merda nenhuma, mas o pedido está feito.
.
Beijos!
.
.

2 comentários:

Sotnas disse...

Olá Necessidade Premente- Monalisa, desejo que esteja tudo bem contigo, se é que seja possível! Creio que o bom velhinho não deva negar seu pedido, da mesma forma que também não pretende atende-la! Ora creio que sabe o motivo! A velha ordem ainda vale. Você foi boazinha, e de acordo com as regras da máxima hipocrisia os bons jamais serão recompensados, somente os malditos, ou os malignos receberão compensação! Interessante e contrariante texto, talvez por este motivo eu tenha gostado, e leio outros aqui postados! Desejo pra vocês e todos ao redor iluminado natal e igual e feliz ano novo! Grande abraço e até mais!
E só mais esse outro tema, eu não acredito que não exista alguém desprovido de massa cinzenta, vivo, mas creio com intensa veemência que alguns têm uma enorme preguiça, que chega a ser mortal de exercitar tal função deste órgão ainda deveras desconhecido, pelo ser homem!
Lamento ser mais um a contrariar!

Sotnas disse...

Ah! peço que me perdoem a invasão, também está claro que jamais seria convidado, o ponto é que. Sinto-me muito bem aqui! Somente pode me restar, agradecer-lhes por permitir minha estadia!